Comprar Casa é um Bom Investimento?

Já pensou em comprar casa como um ativo financeiro mas não sabe se é uma boa opção neste momento? A verdade é que a compra de um imóvel continua a ser um investimento mais seguro do que outras aplicações financeiras. Claro que investir numa casa pode ter custos elevados, especialmente quando precisa de recorrer a um crédito à habitação, mas a verdade é que o negócio pode ser rentável, sim, apesar de exigir trabalho.

 

Investir em imóveis já foi uma prática muito popular em Portugal e que hoje está a voltar. Apesar do mercado do arrendamento ainda não ter consolidado completamente, tem crescido bastante em várias zonas do país. Existe muita procura e a oferta ainda não corresponde às necessidades. Por isso, existe quem procure rentabilizar as suas economias investindo em imobiliário para arrendar.

 

Muitas pessoas, contudo, não têm a totalidade do capital e, por isso, tentam perceber se vale a pena contrair um empréstimo no banco. Quem se encontrar nesta situação, tem de estudar muito bem várias propostas e tentar encontrar o empréstimo que lhe pode trazer o maior lucro neste investimento. Por vezes, os custos de financiamento podem inviabilizar o retorno do seu investimento, pelo que deve fazer muito bem as suas contas. Mesmo assim, considero que investir no imobiliário é sempre uma boa aposta, quando com tacto, ponderação e muito estudo.

 

Não convém também esquecer do simples facto de que comprar casa em Portugal continua a ser muito mais barato do que na grande maioria dos países europeus, sobretudo nas capitais. Dado isto, pode perfeitamente encontrar uma oportunidade de investimento de acordo com as suas possibilidades económicas.

 

Poderá começar por aqui (entrar em contacto comigo).

 

Descubra as minhas 10 sugestões para se orientar no processo de investir o seu capital na compra de um imóvel.

 

1. Planeie a sua estratégia de investimento;

2. Tenha em conta que o dinheiro ficará retido;

3. Calcule todos os custos associados ao imóvel;

4. Estude a tendência de valorização dos imóveis;

5. Conte com danos provocados pelos inquilinos;

6. Pondere comprar para vender;

7. Pense que construir pode trazer mais lucro do que comprar pronto;

8. Considere comprar para depois vender e financiar;

9. Procure bons parceiros;

10. Não negoceie sozinho.

 

Deverá sempre escolher a melhor opção para as suas possibilidades e interesses financeiros. Mesmo assim, tenha sempre em conta estas 10 dicas de modo a que a sua decisão seja o mais consciente e cautelosa possível.

 

Finalmente, entre em contacto comigo, posso ajudá-lo em todos os passos do processo!

 

CLIQUE AQUI